Porto Barroco

Igreja Monumento de S. Francisco
Imagem:  Museu da Ordem Terceira da Igreja de S. FranciscoCC BY-NC-SA - Alguns Direitos Reservados

​O Barroco manifesta-se no Porto em inúmeros e expressivos edifícios de arquitectura civil e religiosa.

A arquitetos como António Pereira e Nicolau Nasoni deve a cidade alguns dos mais representativos exemplares deste estilo, provocando uma completa transformação na paisagem urbana setecentista. Ao longo dos séculos XVII e XVIII, a cidade assemelha-se a um “estaleiro” de artistas e artífices, que produziram um significativo conjunto de obras de alto valor estético. O virtuosismo de Nicolau Nasoni, artista italiano formado em Siena e Roma, revela-se sobretudo na arte com que soube trabalhar o granito, em obras como a Igreja e Torre dos Clérigos, a fachada da Igreja da Misericórdia e o Palácio do Freixo.

A Sé Catedral, de origem românica, foi um dos primeiros edifícios a sofrer adaptações barrocas, devendo-se salientar a capela-mor, galilé, sacristia e claustros.

Uma das características mais salientes do novo estilo é o recurso à policromia e à exuberância das formas.

A conjugação de revestimentos a ouro com a pintura e o azulejo deu origem a ambientes de inesquecível beleza. 

A talha dourada, uma das expressões mais vivas do barroco portuense, alcança o seu máximo esplendor nos retábulos das igrejas de S. Francisco e de Santa Clara.

  1. Catedral​
  2. Paço Episcopal
  3. Casa Museu Guerra Junqueiro
  4. Igreja de Santa Clara
  5. Igreja da Ordem do Terço
  6. Igreja de Santo Ildefonso
  7. Igreja de Nossa Senhora da Esperança
  8. Igreja da Ordem Terceira de Nossa Senhora do Carmo
  9. Igreja e Torre dos Clérigos
  10. Palácio de S. João Novo
  11. Fachada da Igreja da Misericórdia
  12. Igreja de S. Francisco e Casa do Despacho
O Porto barroco pode ainda admirar-se em outros monumentos para além dos acima descritos, como é o caso da belíssima talha dourada que decora todo o interior da Igreja de S. João da Foz do Douro, do retábulo da Igreja de S. Pedro de Miragaia ou, ainda, das arquiteturas palacianas da Casa de Ramalde ou das Quintas da Prelada e de Bonjóia, espaços de representação que têm no Palácio do Freixo o seu mais virtuoso cenário.
 

Experimente este percurso

Consulte e descarregue aqui o guia Porto Barroco.

 

Subscreva as atualizações de novos artigos

​Caso pretenda manter-se atualizado acerca de novos “Artigos do Portal de Turismo” subscreva os nossos Feeds RSS:

Os Feeds RSS são enviados em intervalos (após publicação) e aparecem num leitor de RSS, no qual já poderá estar a gerir subscrições de outros tipos de informação, tais como notícias, eventos, etc…

Existem vários leitores, aqui ficam algumas sugestões:

Data publicação 13-10-2014