Porto na Forbes e no The Telegraph

​Há pontos em comum entre os dois artigos publicados com um dia de diferença, em dois dos mais influentes meios de comunicação do mundo. Ambos partilham o encantamento pelo Porto, aconselham palmilhar a cidade para a descobrir genuinamente, destacam o rico património histórico inscrito nos seus azulejos, referem uma famosa livraria, sugerem restaurantes para um bom repasto (o que não é tarefa difícil tendo em conta a qualidade da nossa gastronomia) e, claro está, propõem uma prova de vinhos do Porto.

Se a americana Forbes aconselha vivamente o viajante a "sair de Lisboa" e a descobrir "uma das cidades mais coloridas da Europa", que em cada esquina oferece paredes cobertas de cenas históricas contadas em azulejos meticulosamente pintados (apontando como um desses exemplos o brilhante trabalho de Jorge Colaço na Estação de São Bento), o britânico The Telegraph é ainda mais incisivo nas suas sugestões e propõe uma visita ao Banco de Materiais da Câmara do Porto, uma reserva municipal aberta ao público no Palacete dos Viscondes de Balsemão, que "alberga todo o tipo de objetos decorativos que outrora embelezaram o exterior das casas e igrejas do Porto. Tem a aparência de um museu mas, na realidade, assemelha-se a um enorme closet de uma empresa de design".

O artigo inglês faz também referência ao emblemático Bolhão, agora em obras, mas não deixa de notar que a sua alma continua viva no Mercado Temporário do Bolhão, bem próximo do edifício original. Ali, "encontrará os mesmos comerciantes - peixeiras e vendedores de frutas e legumes, padeiros e talhantes, floristas e até quem venda produtos de retrosaria".

Mas o melhor mesmo é ler os dois artigos, ambos inebriados com a riqueza histórica, cultural e social do Porto, ambos rendidos à beleza da cidade Invicta, que continua a somar páginas inteiras na imprensa internacional.

Fonte: Porto.pt

Subscrever as atualizações de novas notícias

​Caso pretenda manter-se atualizado acerca de novas “Notícias do Portal de Turismo” subscreva os nossos Feeds RSS:

Os Feeds RSS são enviados em intervalos (após publicação) e aparecem num leitor de RSS, no qual já poderá estar a gerir subscrições de outros tipos de informação, tais como notícias, eventos, etc…

Existem vários leitores, aqui ficam algumas sugestões:

Data notícia 06-11-2018